segunda-feira, 28 de julho de 2014

O Retorno Triunfal de Harlan Coben (Renata Lima)


Quem aí está preparado para mais um livro do nosso querido Harlan Coben?

Confesso que eu achei que estivesse preparada para ler esse livro, até que comecei a ler e... não conseguia mais parar! E pela primeira vez vou dar minha opinião do livro antes de fazer a resenha dele: leia! Esse é um dos melhores livros do Coben que eu já li NA VIDA, e eu já li quase todos os livros do Coben, hein! Acredito que esse livro em arrancou todas as emoções possíveis, porque ele é mais do que intrigante, te deixa nervoso, te faz rir e tem vários momentos bem Coben em que você achava que sabia de alguma coisa, mas não era nada daquilo que você estava imaginando.

Mas vamos falar do livro propriamente dito!

Nossa Avaliação - 9.0
Seis anos atrás a mulher da vida de Jake Fisher estava se casando com outro homem e o casamento deixou Jake absurdamente devastado. No dia de seu casamento, Natalie Avery fez apenas um pedido a Jake: que deixasse ela e o marido Todd em paz para todo o sempre, promessa essa que Jake cumpre por longos seis anos.

Agora professor de Ciências Políticas na universidade em que estudou, Jake vive uma vida modesta, tem poucos amigos e é apaixonado pela profissão, apesar de manter uma certa distância dos alunos, evitando assim um envolvimento muito pessoal.

A vida tranquila de Jake tem um revés quando, durante um de seus atendimentos extraclasse, ele se depara com o obituário de Todd no feed de notícias da universidade. Jake, que nem sabia que Todd tinha estudado na mesma universidade que ele, decide que essa é uma boa oportunidade de reencontrar Natalie, já que a reportagem também diz que Todd deixa esposa e filhos.

O problema é que quando Jake chega ao enterro, ele descobre o inimaginável: Todd, um cidadão exemplar, médico comprometido com questões sociais, fundador da Novo Começo, é casado com a mesma mulher desde os tempos de escola e essa mulher não é Natalie! Para completar a desgraça, Todd não teve uma morte natural ou acidental: ele foi assassinado!

Desconfiado, Jake começa a revisitar suas próprias memórias, trazendo à tona os momentos vividos com Natalie durante um retiro e começa a procurar pelas pessoas que o viram com ela, mas todo encontro gera uma decepção. Ninguém a conhece, ninguém se lembra de tê-la visto com ele, nem mesmo seu melhor amigo a conheceu quando ela visitou a universidade.

Nessa busca por respostas, Jake acaba atraindo desagradáveis estranhos dispostos a descobrir o que ele sabe sobre Natalie e sobre a morte de Todd, mas em vez de deixar o assunto para trás, Jake reafirma seu amor pela mulher que ele nem sabe se existe e passa a correr risco de morte a cada capítulo!

Narrado em primeira pessoa, o ritmo do livro é mantido do princípio ao fim e há pouco tempo para memórias supérfluas! Até as lembranças e informações mais irrelevantes (ou que parecem irrelevantes) culminam em um final bem elaborado e interessante, mesmo com a quantidade de reviravoltas tão "cobenísticas".

Devo salientar que o personagem principal me agradou logo de cara, mas também vi nele similaridades com o personagem Myron Bolitar, entre eles a ironia entre ele e o melhor amigo e o jeito engraçado de falar com a secretária da universidade, sempre galante e fazendo gracinhas para conquistar sua simpatia, atenção e ajuda, às vezes com piadinhas de cunho sexual.

Não há como negar que, apesar de usar uma fórmula em seus livros, Harlan Coben é um dos melhores escritores do gênero nos dias atuais. Entretenimento puro! Por mim, todos os seus livros virariam filme e ainda torço por uma série com Myron e Win como personagens principais, como as maravilhosas Rizzoli & Isles, só que de calças!

Graças ao bom Deus, Hollywood está apostando nas adaptações: "Não Conte a Ninguém" (Universal), "Seis Anos Depois" (Paramount) e "Missing You" (Warner Bros e RatPac Entertainment) já estão em pré-produção!

PS1: Harlan Coben estará esse ano na Bienal do Livro de São Paulo em 23 de agosto! Quem puder ir, pega um autógrafo pra mim!!!

PS2: Para quem quer mais livros do Coben, em março desse ano foi lançado "Missing You", livro altamente elogiado, inclusive pelo mestre do terror e do suspense Stephen King! Infelizmente o livro ainda não tem data de publicação no Brasil e a Arqueiro ainda nem confirmou se comprou os direitos.


PS3: O terceiro livro da série Mickey Bolitar se chamará "Found" ("Encontrado" em tradução livre) e tem previsão de lançamento para 9 de setembro nos EUA. Por aqui, a previsão de lançamento é Janeiro de 2015! O livro já está em pré-venda (em inglês) e para comprar é só acessar o site do próprio Harlan que tem dicas pra Kindle e pra Kobo. 



8 comentários:

  1. Ai tio Coben no Brasil! Por que sempre os paulista que se dão bem, hein?!
    Nossa, agora bateu a curiosidade! Mais um para a meta de 2015 (isso se não lê-lo este ano!)

    ResponderExcluir
  2. Se eu quase tive um treco com o "Não há Segunda Chance", imagino esse! Dessa vez vou infartar! KKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse tá de tirar o fôlego, Giza! Vc vai amar!

      Bjs

      Excluir
  3. Eu tbm amei o livro!!! Fiquei acordada quase a noite toda só pra acabar e saber logo o que tinha acontecido!!!
    Ótima resenha Renata Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Acabei de incluir na lista de 2014! Ele vai furar a fila!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vc vai gostar, Aninha!!!!!!
      Beijos

      Excluir
  5. Do Coben só li Confie em mim, e apesar de ter gostado algumas coisas me incomodaram. Porém, como falei gostei do livro, e leria outros livros do autor, não fosse a aversão que tenho por fórmulas, pelo motivo que acabam me deixando viciada, e já basta, na minha vida, os 87968 livros da série Mortal da Nora Roberts. Mas enquanto eu lia a sua resenha fiquei imaginando mil possibilidades para essa história! Com certeza este livro entrará para a minha lista de leituras. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Olha, hoje em dia muito difícil ler um livro que seja absolutamente livre de fórmulas. Me incomoda? Sim, um pouco, mas não me faz deixar de curtir o livro e todas as suas reviravoltas mirabolantes. Muita gente pode tentar uma fórmula como a dele, mas no fim acho que o que conta mesmo é o desenvolvimento da história e dos personagens, por isso adorei o livro!

      Beijos grandes!

      Excluir