sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Aventuras, diversão e descobertas, tudo em um só lugar! (Lucyclenia de Santana)

Nossa Avaliação - 100
O livro “As Mais” de Patrícia Barboza conta a história de quatro amigas inseparáveis e totalmente diferentes entre si: Mari, Aninha, Ingrid e Susana, por isso a sigla MAIS, com as iniciais dos seus nomes, como sugestão de uma professora quando resolveram escrever um livro para relatar suas aventuras e descobertas no último ano do Ensino Fundamental, sendo que cada trimestre seria contado por uma delas seguindo a ordem da sigla.

Mari é a mais espontânea, atrapalhada, engraçada, vive pagando micos e é totalmente desinibida. Tem uma queda por Lucas, um menino muito tímido. Aninha é estudiosa, responsável, magérrima (daquelas que come e não engorda, que inveja!), é a blogueira do grupo, louca por livros e morre de amores por seu primo Hugo desde os 11 anos. Ingrid é a mais baixinha, otimista, apaixonada por filmes românticos, mas nunca namorou ninguém. Susana é atleta e sonha em ser jogadora profissional de vôlei, adora cuidar da aparência e é a ela que todas recorrem quando precisam de dicas de beleza.

Vai me dizer que não conhece ninguém com algumas dessas características? Ou até mesmo que não se identificou com nenhuma das MAIS? 

A capa foi o que de cara mais me chamou a atenção, mesmo já tendo passado um pouquinho da faixa etária do público-alvo. Dizem que não se deve julgar o livro pela capa, mas neste caso eu não me arrependo nem um pouco, mega amei. Super indico para pré-adolescentes e adolescentes, para quem gosta de aventuras, diversão e descobertas e para os garotos que querem descobrir como agem e pensam as garotas de diferentes estilos, fica a dica. Acredito que este é um livro que agrada até as jovens adultas que gostam de voltar no tempo e dar boas risadas.

Com uma leitura bem leve e uma linguagem adolescente, o livro trata muito bem dos temas vivenciados por todos nós nessa fase complicada da vida (primeiro amor, ciúmes, experiências, etc), nos mostra como superar todos esses desafios, nos ensina a aceitar as diferenças e saber como conviver com elas.

Confesso que cada uma tem um pouquinho de mim: os micos da Mari, o amor pelos livros da Aninha, me derreto assistindo “O amor não tira férias” como a Ingrid e tenho a mania de vida saudável da Susana.

É o melhor de tudo: sim, sim, tem continuação!

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário